Poupe tempo para as coisas importantes em Portugal

Saber mais

Comunidade francesa no Algarve: o retrato

Dos 19.700 cidadãos franceses a residir em território luso, cerca de 2.500 residem no Algarve. Saiba o que diz o presidente da União dos Franceses no Estrangeiro Algarve (UFE Algarve), Patrick Mangin, sobre a comunidade francesa no Algarve.

Segundo dados partilhados pela Embaixada francesa em Portugal, no final de 2018, esta é a sétima maior comunidade de estrangeiros a viver em Portugal. A maioria dos franceses a residir em Portugal está em Lisboa e no Norte, mas o Algarve é a terceira região mais escolhida.

Apesar de estarem espalhados por toda a região, a maior comunidade vive na cidade de Lagos. Ainda assim, a zona interior, sobretudo na serra de Monchique, está cada vez mais povoada por franceses. Têm vindo a comprar pequenas propriedades junto ao mar.

Os franceses que residem em Portugal têm níveis de escolaridade elevados e mais de um terço são reformados, conforme refere o relatório de 2018 do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

A UFE Algarve

A comunidade francesa no Algarve gira sobretudo em torno da União dos Franceses no Estrangeiro (UFE Algarve) — a maior associação de franceses expatriados no mundo — e que conta aproximadamente com 1500 membros em Portugal, diz Patrick.

Escolhem Portugal, sobretudo por ser “um país acolhedor, pacífico, cheio de sol e com um custo de vida muito acessível”.

A União dos Franceses no Estrangeiro (UFE) é um órgão de utilidade pública que nasceu em 1927 e que defende os interesses de todos os franceses instalados no estrangeiro — com 170 grupos espalhados por mais de 100 países. A UFE Algarve é a sucursal instalada no sul de Portugal.

A UFE Algarve está aberta a todos “franceses expatriados, franceses do estrangeiro, francófonos, antigos expatriados e a todos os que se sentem envolvidos no mundo da expatriação e da mobilidade internacional”. O objetivo é partilhar e dar acesso a informação, tanto em França como em Portugal ou em qualquer outro país, que possa ser útil para os cidadãos interessados em mudar-se para o Algarve. Um website, guias do país e da região, brochuras de acolhimento, reuniões de informação e consultas pessoais são apenas alguns dos serviços disponibilizados pela associação.

Além disto, Patrick explica que o papel da UFE junto da comunidade do Algarve passa ainda pelo “acolhimento, entreajuda [e] convivialidade”, o que torna a associação “numa rede de relacionamentos em Portugal”.

Além de estar presente no Algarve, esta associação mundial de franceses no estrangeiro conta com outras sucursais em território português. O Centro Oeste e Lisboa foram os outros dois locais eleitos pelo grupo francófono.

As atividades da comunidade

Dada a localização e o bom tempo do Algarve, são várias as atividades que a região proporciona aos franceses que lá residem. Ciente disto, a UFE partilha diariamente via email informação sobre reuniões, jantares e atividades promovidas pelo grupo. Dentro destas, o presidente da associação dá como exemplo “as caminhadas, bowling, petanca, rallies, andar de barco, mota, paraquedas, cartas e grupos de leitura”.

Acrescente-se ainda a promoção de grupos dedicados às várias artes, como o teatro. Por exemplo, o Festival de Teatro Francês dedica-se a produzir nove espetáculos entre 2019 e 2020 e é um dos principais projetos para a comunidade francófona que reside em Portugal.

Agora que já sabe onde está a comunidade francesa no Algarve e está prestes a mudar-se para Portugal, saiba que pode ter a ajuda do NOVO BANCO neste processo, bem como abrir a conta NBGolden Key e beneficiar das suas inúmeras vantagens.

Está a pensar numa mudança para Portugal?

De que preciso para comprar casa?

Ler artigo

O parceiro certo para financiar a sua casa

Saber mais